Desporto motorizado

Motorsport article

PRECISÃO DE CORRIDA. PERFORMANCE NA ESTRADA.

Os desportos motorizados não estão apenas no nosso sangue, está nos nossos pneus. O desporto motorizado sempre foi onde a Dunlop desafia os limites, desenvolve as tecnologias e constrói parcerias. O que se aprende na pista é aplicado na estrada. Os nossos engenheiros foram os primeiros a aplicar os padrões de performance de pneus de competição em pneus concebidos para a condução do dia-a-dia. Esta abordagem única proporciona aos condutores e respectivos veículos a qualidade, durabilidade e resistência dos pneus concebidos para a pista de corridas.

A vitória na corrida Paris-Viena em 1902, deu à Dunlop um apetite de sucesso nos desportos motorizados e na década de 1920, estávamos já a produzir pneus capazes de atingir velocidades superiores a 300 km/h, ajudando Henry Segrave a estabelecer um recorde de velocidade em terra de 372 km/h, em 1927. A Dunlop continuou a desenvolver pneus que estabeleciam recordes, eventualmente atingindo o recorde de 634 km/h, em 1947 com o Railton Mobil Special de John Cobb, estabelecendo um recorde que permaneceria insuperável durante 23 anos.

Durante este período, todos os principais fabricantes de automóveis e motociclos escolheram a Dunlop para obter os pneus necessários para vencer corridas. A primeira vitória da Dunlop num Grande Prémio aconteceu em 1923 e a sua primeira vitória nas 24h de Le Mans um ano depois. Nas décadas de 1950 e 1960, a Dunlop dominou o mundo da competição em duas e em quatro rodas. Foram celebrados 8 títulos de Campeonatos do Mundo de Fórmula Um e 82 vitória em Grandes Prémios com pilotos como Jack Brabham (Cooper), Phil Hill (Ferrari) e Graham Hill (BRM), Jim Clark (Lotus), John Surtees (Ferrari) e Jackie Stewart (Matra). Estes registos mantêm a Dunlop no terceiro lugar da lista de vitórias em Grandes Prémios de Fórmula 1 de todos os tempos.

O registo de vitórias da Dunlop nas 24h de Le Mans, a corrida mais antiga, mais dura e mais longa do calendário, aumentou de forma inexorável com cinco vitórias com a Jaguar na década de 1950, mais cinco com a Ferrari na década de 1960 e não menos que nove com a Porsche nas décadas de 1970 e 1980. No total, 34 das 71 corridas das 24h de Le Mans foram ganhas com pneus Dunlop. Não é de espantar que a Dunlop tenha escolhido Le Mans para concentrar as celebrações do 100.º aniversário da empresa em 1988 e sendo recompensada, em conformidade, com outra dobradinha na corrida desse ano.

A história em duas rodas tem sido semelhantes desde que os Campeonatos do Mundo de Grande Prémio de Motociclismo começaram em 1949. Os pilotos da Dunlop venceram mais de 50% de todos os 2321 Grandes Prémios realizados, conquistando 105 títulos de Campeonatos de Mundo ao longo da história. Em 2002, vencemos o nosso 100.º GP consecutivo em 250cc e celebrámos recentemente o nosso 11.º título consecutivo de Campeonato do Mundo nessa categoria.

Mas estes são apenas alguns destaques de um envolvimento que abarca mais de 100 anos e todos os tipos de desportos motorizados: ralis, corridas de circuito, hill climb, trial e motocrosse. A Dunlop deixou a sua marca desportiva em cada curva do mundo.

Actualmente, a indústria de desportos motorizados sabe que ainda não existe melhor forma de testar pneus inovadores que durante a intensidade da competição. Por isso a Dunlop considera a competição alemã de série DTM de carros de turismo como principal espaço de testes para os nossos novos pneus UHP, o SP Sport Maxx, e a categoria de motociclismo de World Supersport como base de desenvolvimento para o D208. A Dunlop sempre esteve e mantém-se comprometida para garantir que os nossos pneus proporcionem o controlo e confiança totais - seja qual for a corrida, pista, estrada, veículo ou condutor.