Mota de competição em pista com pneus Dunlop - tecnologia e inovação

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO – FILOSOFIA "DA COMPETIÇÃO PARA A ESTRADA"

Com engenheiros e designers na Europa, no Japão e na América do Norte, a Dunlop realiza operações de Investigação e Desenvolvimento verdadeiramente globais que resultam em inovações sujeitas rapidamente ao teste mais difícil de todos – a competição. Todas as inovações, como os formatos de pneu com perfil baixo, construção radial, desenhos de piso direcional/em curva constante, materiais de carcaça em aramida, e tecnologias como a Multi-Tread (MT) ou a JLT, são desenvolvidas graças à nossa paixão pelo desporto motorizado, o que aprendemos na pista, aplicamos na estrada. Na verdade, a Dunlop foi a primeira a aplicar os padrões de desempenho para pneus de competição em pneus de estrada convencionais. 

TECNOLOGIA
MULTI-TREAD (MT)

Atingir 320 km/h pela Sulby Straight abaixo no TT da Ilha de Man coloca o pneu traseiro sob tensão extrema, não só devido à força centrífuga, mas também devido ao calor. Por isso, o composto tem de ser resistente, duro e resiliente para sobreviver. No entanto, quando o piloto leva o motociclo à potência máxima na Ginger Hall, o pneu traseiro precisa da aderência de um composto macio. Os engenheiros da Dunlop depararam-se com o mesmo problema nas inúmeras corridas Grand Prix e Superbike e nos campeonatos Endurance. O pneu traseiro e dianteiro exigiam compostos diferentes para fazer as curvas e retas. Foi por isso que a Dunlop desenvolveu a tecnologia Multi-Tread (MT), em que o mesmo pneu pode apresentar diferentes tipos de desempenho nas curvas e nas retas. Desta forma, o composto vermelho apresentado no diagrama é mais macio e a banda amarela é mais resistente ao desgaste. Trata-se de uma tecnologia desenvolvida para corridas que a Dunlop incorporou nos pneus de pista e de estrada, os Sportmax. Assim, quer esteja a acelerar pela M1 ou a fazer as curvas Craner no autódromo Donington, terá toda a aderência desejada ao seu dispor aliada a uma longevidade que teria sido impossível há apenas alguns anos.

 

CONSTRUÇÃO DE CINTA
SEM JUNTAS (JLB)

A espiral vermelha apresentada na imagem mostra como o cabo de aço envolve o pneu para criar uma cinta que proporciona uma base extremamente estável para a banda de rolamento, que está por cima. Sem esse cabo, à medida que a mota acelerasse, o centro do pneu expandiria, alterando o perfil (muito mau nas curvas!) ou roçando inclusivamente o braço oscilante da mota. O conceito JLB resulta dos esforços incrivelmente bem-sucedidos da Dunlop no âmbito das corridas no TT da IoM, onde já alcançou tanto sucesso. Devido à alta velocidade, as equipas procuravam desesperadamente por uma menor distorção do pneu e uma maior longevidade. E ambas são possíveis com a construção de cinta sem juntas, graças à redução da expansão do pneu devido às forças centrífugas a alta velocidade (de 15 mm para 3 mm), resultando numa manobrabilidade mais suave e numa maior estabilidade nas retas. O efeito de oscilação a alta velocidade é também drasticamente reduzido. Todos estes benefícios são transpostos diretamente para os pneus de estrada, sendo a JLB o exemplo perfeito da filosofia "Da competição para a estrada" da Dunlop.

Quilometragem e aderência do ombro melhoradas graças à tecnologia de composto Multi-Tread (MT) da Dunlop
Estabilidade e resposta melhoradas devido à construção de cinta sem juntas (JLB) da Dunlop

NTEC - SISTEMA DE AJUSTE
DE PRESSÃO

O sistema engenhoso de ajuste de pressão NTEC da Dunlop permite ao condutor otimizar o pneu ao ajustar a pressão. Para dias secos em pista, reduzir a pressão do pneu proporcionar uma aderência previsível e manobrabilidade com grande tenacidade. Ao voltar à estrada, reencher o pneu à pressão recomendada do fabricante irá recompensar o condutor com altos níveis de desempenho e aderência. 

TECNOLOGIA JOINTLESS
TREAD (JLT)

A tecnologia Jointless Tread (JLT) permite que os diferentes compostos sejam posicionados de forma precisa para que o centro do pneu possa ter um composto mais resistente e duradouro ao passo que os rebordos têm maior aderência. Oferece o melhor dos dois mundos com diversos benefícios: maior resistência ao desgaste, melhor aderência desde o centro do piso até ao ombro e maior estabilidade do pneu a alta velocidade. 

Aumento da aderência em competição em piso seco com o sistema de ajuste da pressão dos pneus NTEC da Dunlop
Flexibilidade de fabrico melhorada com a tecnologia de aplicação de piso sem juntas (JLT) da Dunlop
Estabilidade e resposta melhoradas com o Sistema de Controlo de Tensão da Carcaça (CTCS) da Dunlop

Carcass Tension Control System (CTCS)

Carcass Tension Control System (CTCS) controla a distribuição de stress pelo invólucro, otimizando a tensão em diferentes áreas, resultando num bloqueio mais consistente e controlado, tração em linha reta e uma melhor resposta.

Aumento da aderência fora de estrada com a Tecnologia de Blocos de Aderência Progressiva (PCBT) da Dunlop

Progressive Cornering Block Technology (PCBT)

A nova e patenteada tecnologia Progressive Cornering Block da Dunlop aumenta a flexibilidade dos blocos para atingir um maior controlo dos deslizes que, com os lados iguais do pneu, resulta numa curva mais apertada.

Aumento da aderência fora de estrada com o Sistema de Blocos de Distribuição Múltipla (MBD) da Dunlop

Multiple Block Distribution (MBD)

New Multiple Block Distribution (MBD) inclui uma inclinação variável e sequencial entre o centro e as áreas centrais dos ombros que, em combinação os com poucos blocos no centro, melhora o contacto e proporciona mais confiança na aderência.

Quilometragem e aderência do ombro melhoradas graças à Tecnologia Heat Control (MT) da Dunlop

Heat Control Technology (HCT)

A tecnología Heat Control Technology (HCT) combina um composto exterior de longa duração com uma camada base geradora de calor que melhora o rendimento para uma máxima durabilidade, assim como uma maior aderência.

OUTRAS TECNOLOGIAS E CARACTERÍSTICAS DE DESENHO DA DUNLOP

Conjunto completo dos logotipos das tecnologias e características de desenho da Dunlop