MOTORSPORT

Dunlop em pista

Motorsport é o coração de Dunlop. A nossa invenção do pneu pneumático em 1888 foi feita para com o intuito de vencer uma corrida. E nunca mais olhamos para trás desde então.

No dia 18 de maio de 1889 em Belfast, Norte da Irlanda, os espectadores poderiam não perceber que estavam a testemunhar o nascimento da história do motorsport. Conduzindo pela primeira vez um pneu pneumático, inventado no ano anterior por John Boyd Dunlop, o ciclista local Willie Hume destrói a competição ao vencer quatro das cinco corridas do dia, provando a supremacia dos pneus enchidos com ar em relação aos seus precedentes de borracha sólida, despertando a ligação intrínseca de Dunlop com a competição motorsport.

Desde então, a Dunlop compete em todos os eventos de TT realizados na Ilha de Man desde a primeira corrida em 1907. Mais, a Dunlop ajudou vários condutores não só a vencer corridas, mas também a quebrar inúmeros recordes. Em 2015 o condutor Dunlop John McGuinness vence o seu 44º pódio, um recorde para adicionar às suas 23 vitórias.

A Dunlop continua a quebrar recordes a nível internacional. O nosso investimento global em campeonatos como o FIM Moto2™, Moto3™ e Endurance World Championships levam ao desenvolvimento constante de novas tecnologias. Pneus como o Sportsmart2 e o RoadSmart III incluem muitas tecnologias a partir da pista e do mundo da competição, enquanto a nossa gama MX funciona paralelamente com os produtos Dunlop vencedores em MXGP.

Estas vitórias estão relacionadas com o desenvolvimento de novas tecnologias do pneu com contribuições dos melhores condutores do mundo e essas inovações na tecnologia de pneus de moto rapidamente deram lugar à criação dos novos produtos Dunlop.  As altas velocidades do circuito de TT ajudaram a criar a tecnologia "JLB" de Dunlop e a resumir a nossa filosofia "Race to Road". A construção Jointless Belt reduz o crescimento do pneu devido a forças centrífugas a altas velocidades de 15 mm até 3 mm. JLB permite uma manobrabilidade mais suave com estabilidade em linha reta e reduz o efeito entrançado - um grande avanço para os clientes Dunlop de moto. O composto Nano-Technology do RoadSmart III desenhado para uma aderência mais forte por mais tempo contribuiu também para a melhoria do desempenho em corrida.

250

Sobre Moto2

Todos os condutores na classe intermédia e ligeira de FIM MotoGP™ World Championship continuam a competir com os pneus Dunlop.

A Moto2™ continua a produzir competições ultra competitivas. Alguns condutores da série one-brand da Dunlop têm tido grande sucesso na fórmula de topo, incluindo os campeões Marc Marquez e Pol Espargaro.

Para as motos 4T de Moto2™ 600cc, a Dunlop fornece pneus que combinam consistência e competição com paridade em todos os diferentes fabricantes de chassis. Estão disponíveis duas opções de pneu para cada etapa com dois compostos escolhidos pela Dunlop para ajustar-se cada circuito particular.

Sobre Moto2

Sobre Moto3

O motor 250cc 4T podem entrar na competição de fabricantes, ao contrário da Moto2™ que é controlada pelo motor da Honda. A Dunlop tem três componentes slick disponíveis com dois componentes dianteiros e traseiros escolhidos para cada etapa.

Sobre Moto3

Sobre EWC

Em pista, o  Endurance World Championship (EWC) apresentou muitos Campeões Dunlop. A Dunlop ajudou equipas a vencerem 15 dos últimos 22 títulos.

O envolvimento da Dunlop está ligado à vitória - a competição endurance é o nosso último e mais exigente desenvolvimento.

Os pneus lidam com exigências extremas com grandes alterações de quente para frio e frio para quente, competindo até 24 horas seguidas.

Sobre EWC

Sobre IOM TT

A Dunlop compete em todos os eventos de TT realizados na Ilha de Man desde a primeira corrida em 1907. Mais, a Dunlop ajudou vários pilotos não só a vencer corridas, mas a quebrar inúmeros recordes. Em 2015 o condutor Dunlop John McGuinness vence o seu 44.º pódio, um recorde para adicionar às suas 23 vitórias. Dos 18 recordes de corridas e voltas feitos por um único piloto, os pneus Dunlop ajudaram esses 18 homens e mulheres a atingirem esses recordes.

Esses recordes incluem a volta completa mais rápida, definida por John McGuinness em 2015, e todas as seis áreas mais rápidas por Michael Dunlop, Steve Plater e Michael Rutter.

Sobre IOM TT
Superbike*IDM 2016 | Lauf 1 | Eurospeedway Lausitz, Klettwitz

Sobre IDM

A versão norte europeia do Open Spanish CEV Championship oferece a oportunidade a pilotos internacionais de competirem em séries de oito voltas, com circuitos que incluem o circuito de Nürburgring e os circuitos GD de Sachsenring e Assen.

Sobre IDM

Sobre MXGP

Em 2015, na temporada MXGP, a Dunlop ajudou pilotos a assegurarem quatro vitórias em GP e treze pódios no terreno mais agressivo. As equipas escolheram a Dunlop para conduzir motos distintas como as Kawasaki, Honda e KTM para vencer eventos mundiais de MXGP.

Sobre MXGP