Los pilotos de Moto2, Miguel Oliveira y Lorenzo Baldassarri, compitiendo con neumáticos Dunlop

DUNLOP: A GANHAR CORRIDAS DESDE 1889

O ÊXITO NAS CORRIDAS FAZ PARTE DO NOSSO ADN

Inventámos o pneu pneumático em 1888 para ganhar corridas e nunca mais parámos. Até hoje a Dunlop continua a bater recordes e o nosso recente êxito no TT da Ilha de Man veio confirmar a nossa reputação como pneu ideal para o TT. Mantemos uma posição dominante no Campeonato do Mundo de Endurance da FIM, para além de dezenas de campeonatos nacionais e vitórias no MXGP masculino e feminino.

A lenda do TT, John McGuinness, escolheu a Dunlop para todas as suas vitórias na Ilha.

A Dunlop foi a escolha para a primeira volta de produção a 161 km/h em 1969 e desde então já batemos os recordes de velocidade absolutos de 204, 206, 208, 210, 211, 212 y 214 km/h, assim como o recente marco de Peter Hickman de 217 km/h em 2018.

Longe do TT, a Dunlop investe em força nos campeonatos mundiais de Moto2™ e Moto3™, fornecendo todos os pneus. Isto quer dizer que, ao longo dos anos, a Dunlop beneficiou da contribuição fundamental de nomes como Marc Marquez, Maverick Vinales, Johan Zarco, Jack Miller, Franco Morbidelli… a lista nunca mais acaba.

No Campeonato Mundial de Motocross FIM, a Dunlop é a escolha das melhores equipas, como a da Monster Energy Kawasaki do MXGP e os nossos pneus vencedores Geomax MX-33 estão disponíveis para todos os pilotos todo-o-terreno.

A Dunlop é também a marca de pneus de maior sucesso nas corridas de endurance. Equipas como a Suzuki SERT e a Yamaha GMT94 escolheram a Dunlop para vencer campeonatos, confiando no nosso desempenho em endurance em provas como o Bol d’Or, as 24 horas de Le Mans e as 8 Horas de Suzuka.

Com este nível de especialização, não é de surpreender que os pneus de corrida evoluam tão rapidamente, nem que tantos avanços tecnológicos sejam incorporados nos pneus para circulação em estrada, como os SportSmart2 MAX e os RoadSmart III – o composto nanotecnológico dos RoadSmart III com melhor aderência e, apesar disso, melhor durabilidade, por exemplo, resultou do aperfeiçoamento do desempenho em corridas, não só no Moto2™ e no Moto3™, como também nos campeonatos mundiais de endurance.

A Dunlop percorreu já um longo caminho desde o dia 18 de maio de 1889, em que Willie Hume arrasou os competidores num evento ciclístico em Belfast, vencendo quatro das cinco corridas do dia, usando os pneus pneumáticos inventados no ano anterior por John Boyd Dunlop. Assim nasceu a vontade de vencer da Dunlop – com um ânimo que ainda hoje conserva.

O piloto Peter Hickmant na sua Smiths Racing BMW S1000RR com pneus Dunlop D213 GP Pro, a bater o recorde de velocidade do TT da Ilha de Man

TT DA ILHA DE MAN

A Dunlop competiu em todos os TT da ilha de Man desde a primeira corrida em 1907, ajudando mais pilotos a ganhar corridas que qualquer outro fabricante de pneus. Dos atuais 18 recordes individuais de volta e de corrida, quantos foram conseguidos com pneus Dunlop? Todos!

O TT é fundamental para a Dunlop por se tratar de uma prova em condições extremas – os pneus têm de suportar velocidades de 322 km/h na descida para Sulby Straight, retrorrefletores e tampas de esgoto, inúmeras colisões e normalmente chuva.

Não é, por isso, surpresa que o TT beneficie diretamente os pneus de estrada. A tecnologia de cinta sem juntas (JLB) da Dunlop tem a sua origem no TT da Ilha de Man, reduzindo o crescimento dinâmico a alta velocidade de 15 mm para 3 mm. Isto permite uma condução mais suave e maior estabilidade em linha reta, tanto ao atravessar Quarry Bends como ao descer a M6. O TT foi também um fator decisivo para o desenvolvimento dos pneus de composto duplo da Dunlop, com uma borracha mais aderente nas margens e um centro mais resistente ao desgaste.

 

Pilotos com pneus Dunlop envolvidos numa competição de contacto próximo, como é habitual durante o Moto2
Piloto de Moto3 com pneus Dunlop combatendo sem tréguas numa corrida em piso molhado

CAMPEONATOS
DO MUNDO DE
MOTO2™

Todos os pilotos do Campeonato do Mundo de Moto2™ competem com pneus Dunlop, o que significa que temos contribuições de alguns dos mais talentosos motociclistas do mundo.

 

Marc Marquez, Maverick Vinales, Pol Espargaró, Jack Miller, Johan Zarco e muitos outros ajudaram-nos a desenvolver os nossos pneus de competição. É claro que a tecnologia que desenvolvemos para a competição passa diretamente para os nossos pneus de estrada, como o premiado RoadSmart III.

 

O nível de competição no Moto2™ é incrível, com 33 pilotos todos com o mesmo objetivo: triunfar sobre competidores de classe mundial. Exatamente por esta classe ser tão competitiva, é fundamental para a Dunlop oferecer aos pilotos pneus que combinem consistência com adesão e garantir também condições de igualdade aos diferentes fabricantes de chassis. É evidente que só um fabricante com a vasta experiência da Dunlop consegue estes resultados corrida após corrida.

MAIS SOBRE O MOTO2™

CAMPEONATOS
DO MUNDO DE
MOTO3™

O Moto3™ é uma das formas mais renhidas de desporto motorizado do planeta. Na volta de abertura em Mugello, em 2017, os resultados dos principais 21 pilotos cobriram um intervalo de apenas 3,4 segundos. Toda a corrida foi como uma disputa à cotovelada para passar à frente. Mas isto não foi uma exceção: é a regra nestas situações em que cada um tenta tirar partido do “cone de aspiração” dos outros.

 

Tal como no Moto2™, a Dunlop fornece todos os pneus para o campeonato e a intensidade da competição exige tanto adesão como consistência. Para além disso, os motores a quatro tempos de 250 cc estão abertos à competição entre os fabricantes (ao contrário do Moto2™, em que o motor de controlo é um motor de produção), pelo que a Dunlop tem de assegurar que os pneus funcionem com diversas prestações de potência.

A Dunlop tem três compostos slick, disponíveis com dois compostos dianteiros e dois compostos traseiros para cada volta.

MAIS SOBRE O MOTO3™

CAMPEONATO
DO MUNDO DE
ENDURANCE

Conduzir um motociclo numa competição de oito a 24 horas submete a um esforço imenso todos os elos da corrente: os pilotos, os motociclos e os pneus. Trata-se de uma prova extrema, em que a Dunlop se destaca: no campeonato do mundo de endurance, as equipas da Yamaha, Suzuki, Honda e Kawasaki escolheram todas elas a Dunlop para as suas vitórias no campeonato.

 

Tal como no TT, as corridas de endurance desenvolvem-se terrenos muito acidentados, agravado pelas enormes diferenças de temperatura, quando as tardes escaldantes dão lugar a noites gélidas. Tudo isso complica a vida dos nossos designers de pneus, mas vale a pena: os avanços que conseguimos traduzem-se diretamente em pneus de estrada, que também têm de funcionar num amplo leque de temperaturas.

MAIS SOBRE O WEC
Piloto do MXGP, Clément Desalle, a competir com pneus todo-o-terreno Dunlop MX-33

MXGP

O MXGP permite-nos provar a performance e durabilidade neste campeonato do mundo extremamente exigente e cansativo. Apesar de um calendário recheado de terrenos arenosos, lamacentos e rochosos, conseguimos transmitir aos nossos pilotos a confiança para darem o seu máximo ao longo de toda a estação.

A nossa gama de pneus Geomax, utilizada no MXGP, está disponível para pilotos nacionais e locais, garantindo a disponibilização da nossa performance de campeonato mundial em qualquer evento MX.

Em 2018, Clément Desalle, Julien Lieber e a Kawasaki escolheram a Dunlop para uma vitória a nível mundial no MXGP e no ano passado Kiara Fontanesi escolheu a Dunlop para a sua épica vitória no Campeonato do Mundo de Motocross feminino.

 

MAIS SOBRE O MXGP
Piloto da BMW Motorrad, Carmelo Morales, competindo no CEV espanhol na categoria Superbike

CAMPEONATOS NACIONAIS

Tal como nos campeonatos globais, a Dunlop também apoia equipas que competem em alguns dos principais campeonatos nacionais da Europa. Estas corridas permitem à Dunlop adquirir conhecimentos profundos sobre o desempenho dos pneus Dunlop nas várias pistas nacionais. 

A Dunlop apoia equipas nos seguintes campeonatos:

  • Talent Cup Europeia, Asiática e Britânica
  • Superbike francesa
  • CEV espanhol
  • CIV italiano
  • Campeonato sueco
  • Campeonato grego
  • Motostars and Thundersport do Reino
  • Unido
  • AlpeAdria
MAIS SOBRE A DUNLOP NO DESPORTO MOTORIZADO
Pneus Dunlop para motociclos: no coração das corridas desde 1889